quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Dica de Quinta: Zumbi


Composta por Jorge Ben Jor, a música fez parte do LP África Brasil, lançado pelo cantor em 1976. Aliás, esse LP trouxe outro grande sucesso da carreira de Ben Jor, Taj Mahal.
No vídeo abaixo, Ellen Oléria, campeã do The Voice Brasil, interpreta a música Zumbi no Show da Virada de Copacabana. 


quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Coluna Anos Dourados: The Best of Both Worlds


Composta por Matthew Gerrard e Robbie Nevil, a música foi o tema de abertura da série americana Hannah Montana, que foi ao ar pelo canal Disney Channel de 2006 a 2011. 


terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Na Minha Estante: Tudo Certo


Composta por Dudu Falcão, em 2007 a música foi single de Tudo Certo, primeiro álbum de Thaeme Mariôto, ex-participante do programa Ídolos.
Em 2009, Luiza Possi regravou a música para o álbum Bons Ventos Sempre Chegam.


segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Perfil: Clara Nunes

Em abril desse ano, completa-se 30 anos da perda de uma das principais cantoras de samba do Brasil, a mineira Clara Francisca Gonçalves pinheiro, mas conhecida pelo grande público como Clara Nunes.
Considerada uma das principais vozes da Música Popular Brasileira, Clara foi a primeira cantora a vender mais de 100 mil discos, o que era um tabu na década de 1970, pois diziam que mulher não vendia disco. Curiosamente, hoje em dia o Brasil é frequentemente apontado como um país de cantoras.
Apesar de ser reconhecida pelas músicas de samba que gravou (aliás, ela era realmente tão apegada ao estilo que tinha até mesmo uma escola de samba de coração, a Portela), esse não foi o único estilo musical que ela adotou durante a carreira, pois antes de Samba ela cantou outros tipos de música, principalmente Bolero. Mas, o sucesso mesmo só veio quando ela gravou Você passa eu acho graça, samba de Ataulfo Alves que ela defendeu junto com o compositor da música no Terceiro Festival Nacional de Música Popular (Exibido pela TV Excelsior em 1968).
Além dessa música, outros sambas fizeram muito sucesso na voz de Clara durante as décadas de 70 e os primeiros anos da década de 80, como O mar serenou (Candeia) Morena de Angola (Chico Buarque), Conto de areia (Romildo S. Bastos e Toninho Nascimento), O Canto das três raças (Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro), Nação (João Bosco, Aldir Blanc e Paulo Emílio) e Portela na Avenida (Mauro Duarte e Paulo César Pinheiro).
Mesmo tendo consolidado a sua carreira de cantora, Clara Nunes não conseguiu realizar um dos maiores sonhos de sua vida: ter filhos. Apesar de ter se casado com Paulo César Pinheiro em julho de 1975, ela não conseguiu ter filhos porque tinha miomas no útero, o que provocou três abortos espontâneos em 1979.
Alguns anos depois, a cantora teve uma morte polêmica e prematura, aos 40 anos, após passar por cirurgia para retirar varizes e sofrer uma reação alérgica durante a operação, morrendo depois de ficar quase um mês em coma, em abril de 1983.  

Revivendo a Trilha: Um segredo e um amor

Hoje, Sandy, aquela garotinha que ao lado de Júnior embalou a infância e a adolescência de muitas pessoas (inclusive a minha), completa 30 anos. 
E para homenageá-la, a música da coluna Revivendo a Trilha de hoje é  uma das que a cantora gravou sem a companhia do irmão. Interpretada por Sandy, a música fez parte da trilha sonora da novela Alma Gêmea, que foi exibida pela Rede Globo em 2005.